Futuro da Contabilidade: inteligência artificial é ameaça para o contador?
×
A contabilidade muda. Por aqui, você acompanha.

Receba novidades sobre contabilidade no seu e-mail:

Ao enviar seus dados, você reconhece que leu e entendeu nossa declaração de privacidade. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. FECHAR
Inteligência artificial se destaca no futuro da contabilidade
Contador do futuro

Futuro da Contabilidade: inteligência artificial é ameaça para o contador?

15 October 2020 SALVAR
Pressione Ctrl + D para adicionar esta página aos favoritos.

Com o avanço da transformação digital muitas atividades estão sendo impactadas. É preciso admitir que o amplo uso da tecnologia traz uma série de vantagens para diferentes setores. No futuro da contabilidade não seria diferente. Muitas tarefas que antes eram feitas manualmente, hoje já contam com os recursos automatizados de um software tributário.

Mas não para por aí. As novas tecnologias disruptivas prometem trazer muito mais. A inteligência artificial, por exemplo, deve se tornar uma ferramenta de apoio para os contadores. 

Seja aplicada no atendimento, com os chatbots, seja na atualização automática da legislação fiscal, este tipo de tecnologia na contabilidade pode otimizar muito a performance do escritório contábil.    

Contudo, neste cenário, uma dúvida bastante comum costuma surgir: a IA pode substituir o papel do contador? Será que a profissão está com os dias contados? 

Calma: a tecnologia não é uma ameaça. Avance na leitura do artigo e entenda por quê! 

Futuro da contabilidade: principais tendências

Diante do avanço da tecnologia, a expectativa é de que muitas das tarefas contábeis sejam automatizadas. Dentre elas, vale citar algumas:

  • Tramitação de documentos entre clientes e escritório;
  • Lançamento de notas fiscais e lançamentos contábeis;
  • Envio de informações ao governo;
  • Conciliações;
  • Auditoria.

Na prática, a tendência indica que as tarefas que não envolvem subjetividade serão colocadas em um fluxo automático de operação, tornando o time mais produtivo. 

Além disso, dessa maneira, os profissionais passam a ter tempo e energia para se dedicar a questões mais estratégicas, como o relacionamento com o cliente.

Tecnologia na contabilidade: novas soluções e desafios à vista

Nos próximos 10 anos, o uso de algumas soluções tecnológicas deve transformar o modo como o escritório contábil se organiza e atua. 

Com sistemas baseados em nuvem, automação robótica de processos e uso de dados em tempo real, a atividade do contador do futuro deve se tornar muito mais consultiva. Isso porque as tarefas operacionais serão absorvidas pelas novas ferramentas, como a inteligência artificial.

Em um mundo cada vez mais conectado, usando a Internet das Coisas (IoT), e com a integração de diferentes sistemas e aplicativos não há por que voltar esforços para tarefas manuais. 

O desafio da vez é fazer da tecnologia na contabilidade sua aliada na busca por entregas de valor para o seu cliente.

O novo perfil do contador no futuro da contabilidade 

O amplo uso das soluções disruptivas nos processos do escritório contábil traz uma série de vantagens, sim, mas também desafios. Um deles é a construção do perfil do contador do futuro. 

Com investimentos em tecnologia na contabilidade no escritório, o contador e seu time precisam buscar outras características essenciais para sua atuação.

Diferente da estratégia de hoje, na qual o foco é voltado para a conformidade fiscal, a contabilidade do futuro será consultiva. Com a adoção da inteligência artificial, por exemplo, a prioridade passa a ser cuidar da estratégia contábil para os clientes, em vez de gastar tempo com obrigações periódicas. 

No futuro da contabilidade, alguns conhecimentos serão críticos para que os profissionais do setor consigam se destacar e reter clientes. Confira 5 deles:

  • Planejamento tributário ou consultoria especializada;
  • Desenvolvimento de planos de negócios e de reestruturação;
  • Revisão dos sistemas e procedimentos internos dos clientes;
  • Recomendação de sistemas de tecnologia da informação;
  • Consultoria financeira.

Esse tipo de entrega não pode ser feita por máquinas. Ainda que a inteligência artificial seja capaz de executar com sucesso muitas tarefas, algumas atividades permanecem sendo essencialmente humanas.  

Certamente, o contador precisará desenvolver novas habilidades e capacidades até mesmo porque é preciso acompanhar esse movimento de inovação. 

Contudo, é importante ter em mente que a figura do contador parceiro e consultivo não vai ser extinta nem mesmo com a melhor inteligência artificial. Pelo contrário, um profissional com visão estratégica de negócios vai ganhar evidência e se destacar cada vez mais.  

Para manter o escritório contábil competitivo hoje e no futuro da contabilidade, o contador deve se concentrar em alguns desafios centrais, como:

  • Encontrar e manter profissionais qualificados;
  • Captar e reter clientes;
  • Investir em tecnologia na contabilidade, escolhendo as soluções certas;
  • Acompanhar a velocidade da transformação digital;
  • Investir no aprimoramento profissional do time;
  • Revisar continuamente a estratégia do escritório, melhorando-a.

Neste momento, além de digitalizar o escritório, o contador precisa fortalecer o seu perfil profissional, buscando novas hard e soft-skills. O mesmo vale para a equipe: os colaboradores precisam ter habilidades alinhadas com as demandas deste novo tempo. A inteligência artificial e a força de trabalho dos escritórios contábeis devem trabalhar lado a lado. Para saber mais sobre esse movimento de transformação digital, continue acompanhando o blog!

Nossa Declaração de Privacidade e Política de Cookies

Todos os sites da Thomson Reuters usam cookies para melhorar sua experiência on-line. Eles foram colocados no seu computador quando você acessou este site. Você pode alterar suas configurações de cookie através do seu navegador.