Auditoria fiscal: mais um serviço consultivo para o escritório contábil
×
A contabilidade muda. Por aqui, você acompanha.

Receba novidades sobre contabilidade no seu e-mail:

Ao enviar seus dados, você reconhece que leu e entendeu nossa declaração de privacidade. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. FECHAR
Auditoria fiscal: conheça a importância deste serviço​​
Contábil

Auditoria fiscal: mais um serviço consultivo para o escritório contábil

10 maio 2021 SALVAR
Pressione Ctrl + D para adicionar esta página aos favoritos.

A complexidade da legislação tributária brasileira exige atenção redobrada nas entregas do setor contábil. Isso porque qualquer divergência fiscal ou tributária pode gerar infrações graves, multas e dores de cabeça tanto para empresa quanto para o contador. Por isso, a auditoria fiscal é tão importante.

Você já pensou em fornecer esse serviço para o seu cliente? 

Assim, além de incluir mais um serviço no portfólio do escritório, você assume o papel de contador consultivo, gerando valor para o seu cliente. 

O objetivo do serviço de auditoria fiscal é garantir que tudo está em dia na contabilidade da empresa. Assim, você reduz os riscos do cliente lidar com multas por ter pago um imposto da forma incorreta ou não ter pago. 

Mais tranquilidade para você, contador, e para seus parceiros. 

Saiba mais sobre a importância deste processo ao longo do artigo!

Por que a auditoria fiscal é importante?

A auditoria fiscal é o processo que consiste em examinar e controlar a situação tributária de uma empresa. Neste caso, o auditor é responsável pela avaliação. Ou seja, cabe a ele checar se os impostos foram pagos em dia e se a legislação fiscal está sendo seguida à risca. Além disso, ele deve avaliar se existe alguma vantagem fiscal que pode ser interessante para a empresa.

Na prática, a auditoria fiscal visa garantir compliance tributário. Confira três benefícios desse processo: 

#1 Prevenção de problemas

A auditoria fiscal faz uma varredura no histórico de pagamento de impostos. Sendo assim, se for feito periodicamente, o procedimento pode evitar fraudes e falhas fiscais que poderiam prejudicar o cliente, gerando problemas e prejuízos.

#2 Correção de falhas

Após a auditoria fiscal, o profissional responsável elabora um relatório com todas as informações dos documentos avaliados. Além disso, ele aponta processos que podem ser adotados para corrigir possíveis problemas. A auditoria fiscal resulta em um processo de melhoria contínua, que evita novas falhas.

#3 Recuperação dos impostos

Muitas vezes, os clientes recolhem tributos em regimes fiscais diferentes do que poderiam adotar. Ou seja, a conta da carga tributária acaba saindo mais alta do que deveria. Na auditoria fiscal, o profissional identifica maneiras de fazer a recuperação tributária, garantindo o retorno dos recursos para a empresa. 

Além disso, com o ajuste de regime após a auditoria fiscal, o planejamento tributário também se torna mais assertivo, estratégico e sustentável.

Auditor Fiscal 2.0 : solução completa de auditoria fiscal

Para facilitar a auditoria fiscal nada melhor do que contar com uma ferramenta tecnológica completa. O Auditor Fiscal 2.0 é o único programa que facilita esse processo atendendo às 27 Unidades da Federação. 

Assim, a solução permite a análise de uma série de fatores:

  • ICMS;
  • Potenciais benefícios fiscais como isenção;
  • Não incidência;
  • Redução da base de cálculo e suspensão;
  • Aplicabilidade do regime jurídico da substituição tributária;
  • Correta utilização das margens de valor agregado (MVA ou IVA).

Além disso, em âmbito Federal, o Auditor Fiscal 2.0 também permite a auditoria das alíquotas de IPI, PIS e COFINS , identificando códigos NCM sujeitos ao regime monofásico para empresas do lucro real, presumido ou optante pelo Simples Nacional. 

A ferramenta executa auditorias individuais de documentos fiscais eletrônicos (NF-e, NFC-e e SAT), realizando também confrontos entre os arquivos do SPED e demais declarações federais.

Assim, a auditoria fiscal eletrônica dos documentos permite que o contador do futuro identifique as potenciais inconsistências fiscais diretamente na origem, facilitando o processo de correção para que não ocorra impacto na obrigação principal, ou seja, no pagamento dos tributos. 

A ferramenta permite que o escritório contábil se antecipe nas correções, tratando os erros com carta de correção eletrônica, nota fiscal complementar e/ou recusa da entrada de documento fiscal não considerado hábil pela legislação tributária.

Em síntese, o Auditor Fiscal 2.0 viabiliza a auditoria fiscal eletrônica, reduzindo inconsistências de regras tributárias que refletem no pagamento a menor (conformidade tributária) ou a maior (economia tributária).

Você pode oferecer esse serviço para seus clientes e, assim, otimizar os resultados e o desempenho do escritório contábil.

Quer saber mais sobre a ferramenta? Conheça o Auditor Fiscal 2.0!

Nossa Declaração de Privacidade e Política de Cookies

Todos os sites da Thomson Reuters usam cookies para melhorar sua experiência on-line. Eles foram colocados no seu computador quando você acessou este site. Você pode alterar suas configurações de cookie através do seu navegador.