×
A contabilidade muda. Por aqui, você acompanha.

Receba novidades sobre contabilidade no seu e-mail:

Ao enviar seus dados, você reconhece que leu e entendeu nossa declaração de privacidade. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. FECHAR
Contador do futuro

Contador do futuro: 4 dicas para ser mais resiliente

10 February 2020 SALVAR
Pressione Ctrl + D para adicionar esta página aos favoritos.

A natureza cíclica da contabilidade exige que os profissionais da área saibam lidar com picos de maior estresse e carga de trabalho. No entanto, o contador do futuro não sofre de estresse apenas durante esses períodos. Constantemente, ele precisa gerenciar as múltiplas demandas e prazos que a profissão impõe. Essa é uma realidade universal. 

De acordo com uma pesquisa inglesa, realizada pela Careers In Audit, 36% dos profissionais de contabilidade sofrem de estresse semanalmente devido ao seu trabalho. Outros 15% admitiram que o estresse era tão grave que eles precisaram se afastar da rotina do escritório contábil. 

Neste contexto, é fundamental que o contador do futuro aprenda a lidar melhor com as situações cotidianas e até com os problemas mais complexos. Para dar conta deste desafio a resiliência pode ajudar muito os profissionais da área. Ter a mente flexível e o pensamento otimista, em uma rotina que é cheia de altos, baixos e prazos, é um dos caminhos para manter a saúde e a energia e trabalhar com potência.

Quer saber como se tornar mais resiliente, para dar conta dos desafios do contador do futuro? Avance na leitura deste artigo!

Afinal, o que é resiliência?

Derivada do latim resilire, que significa “voltar atrás”, a resiliência é a capacidade que cada pessoa tem de lidar com seus próprios problemas, superar adversidades e momentos difíceis, e não ceder à pressão. Em suma, trata-se de ser flexível,  sobreviver e sentir-se bem consigo mesmo depois de ter enfrentado um momento de “caos”. 

Quando a pessoa é resiliente, ela consegue enfrentar crises, traumas, perdas, mudanças e muito mais, contornando as situações da melhor maneira possível e recuperando-se dos possíveis efeitos ou impactos gerados por elas. 

A resiliência permite que as pessoas se adaptem com mais facilidade, à medida que elas conseguem buscar soluções criativas e oportunidades onde muitos só conseguem ver dificuldade. 

Na prática, quando o profissional coloca em ação a resiliência ele tira um saldo positivo da desordem: além de sobreviver, ele cresce. Ou seja, a experiência do estresse pode tornar o contador do futuro melhor que antes.

Como ter resiliência no dia a dia?

Em um mercado competitivo, quando o contador do futuro se mantém resiliente ele está um passo à frente da concorrência. Isso porque com adaptabilidade e flexibilidade é mais fácil gerenciar as mudanças e alterar os processos, sempre que necessário, garantindo a qualidade das entregas aos clientes.

Mas a questão é: como desenvolver resiliência? De onde é preciso começar para mudar o comportamento?

O primeiro passo é rever alguns hábitos que estão diretamente vinculados à resiliência. Confira as habilidades que você precisa desenvolver:

Autocontrole: a capacidade de controlar o comportamento e o temperamento com flexibilidade, sentindo-se confiante e buscando soluções. 

Análise do Contexto: é a habilidade de interpretar as situações e analisar o cenário, a partir de uma perspectiva correta e coerente. 

Otimismo para a vida: fundamental! É o que permite a qualquer um ter um olhar positivo sobre a vida e o futuro, confiar no seu desempenho e contornar os problemas com destreza.

Leitura Corporal: é a capacidade de identificar as reações que acontecem no corpo diante de qualquer situação de estresse.

Conquistar e manter pessoas: a vida fica mais fácil quando se tem pessoas perto de si. Saber conquistá-las e mantê-las é essencial, porque lembra que você não está sozinho.  

Empatia: saiba colocar-se no lugar das pessoas e estabelecer uma comunicação eficiente com elas. Certamente, sendo empático você terá o apoio das pessoas quando precisar. 

Sentido de vida: diante do caos, lembrar do seu propósito, da sua razão de viver traz um fôlego novo. É preciso ter fé na vida.

Confira 4 dicas para ser resiliente

Sabendo o que pode ajudá-lo a ter mais resiliência, é preciso entender como fazer isso na prática, na rotina do escritório contábil. Veja três dicas valiosas:

1. Estabeleça limites 

Para evitar o estresse relacionado ao trabalho, o contador do futuro deve começar pela gestão das expectativas de seus clientes. É importante que o profissional defina os seus próprios limites e deixe isso claro para as pessoas. Se você se acostumar a responder e-mails no meio da noite, certamente irá gerar uma expectativa de disponibilidade imediata, a qualquer hora. 

Portanto, busque definir as expectativas de uma maneira que não seja muito autocrática, deixando claro que ‘o que é bom para mim como contador também é bom para você como cliente’. 

2. Seja assertivo no relacionamento com os clientes

Conquistar os potenciais clientes para o escritório não significa apenas encontrar as maiores fontes de receita, mas também firmar parcerias com clientes fáceis de trabalhar. Isso porque muitos pontos de origem de estresse vêm da falta de alinhamento e afinidade com o cliente. 

O contador do futuro precisa, por exemplo, aprender a dizer não quando os clientes fazem exigências irreais. Até mesmo porque, ao aceitar alguns termos, você pode se deparar com situações difíceis que poderiam ter sido evitadas. 

Se dizer não para o cliente soar muito drástico, tente uma abordagem de negociação. Converse, alinhe expectativas e negocie: ‘Se eu fizer isso, você precisará fazer isso por mim’. Mostre que todos saem ganhando.

3. Adote hábitos saudáveis

É claro que o desempenho dentro do escritório contábil é importante, mas oxigenar a mente fora dele também é fundamental. São os momentos de descanso e relaxamento que ajudam você a se manter no seu ponto de equilíbrio.

Quando você não prioriza atividades como a prática de um esporte, por exemplo, acaba acumulando uma série de tensões e preocupações, que tendem a deixá-lo preocupado, infeliz e frustrado. 

Portanto, busque adotar hábitos saudáveis, como:

  • Prática de exercícios físicos diários;
  • Atividades que estimulem a criatividade, como pintura ou escrita;
  • Leitura de livros não relacionados ao trabalho;
  • Meditação.

 Tudo isso pode ajudá-lo a ficar com a mente mais leve e a postura mais resiliente. 

4. Seja mais flexível

Quanto mais alto o potencial de flexibilidade do contador do futuro, melhor será o seu desempenho na resolução de conflitos e problemas, na adaptação às mudanças e na superação de desafios da rotina de trabalho. 

Além disso, quando o profissional é flexível ele consegue se sentir seguro e confiante frente às circunstâncias que lhes são apresentadas. 

Para conquistar a resiliência, a flexibilidade tem um papel central porque implica em se desvincular das maneiras já conhecidas de lidar com uma situação ou problema. É preciso se adaptar, ir além e fazer diferente.

Gostou do conteúdo e quer acompanhar outras novidades sobre o comportamento do contador do futuro? Continue acompanhando o blog!

Nossa Declaração de Privacidade e Política de Cookies

Todos os sites da Thomson Reuters usam cookies para melhorar sua experiência on-line. Eles foram colocados no seu computador quando você acessou este site. Você pode alterar suas configurações de cookie através do seu navegador.