Em 2011, mais de metade das organizações entrou no mundo do traga o seu próprio dispositivo (do inglês bring your own device ou BYOD), em que os funcionários têm ou escolhem os smartphones e tablets que usam no a


Compartilhe