×
A contabilidade muda. Por aqui, você acompanha.

Receba novidades sobre contabilidade no seu e-mail:

Ao enviar seus dados, você reconhece que leu e entendeu nossa declaração de privacidade. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. FECHAR
Plano de marketing contábil 2019 para o escritório contábil
Gestão

Plano de marketing contábil 2019: já é hora de começar!

12 November 2018 SALVAR
Pressione Ctrl + D para adicionar esta página aos favoritos.

Ao fazer o planejamento de marketing contábil, o contador digital deve se preparar para mergulhar em um oceano de possibilidades.

Mas antes de qualquer coisa, é importante ter clara a definição do que é o marketing digital:

 

“Marketing digital é o conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa online com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca”.

Rodrigo Barros

Head de Marketing da Thomson Reuters

 

Fazendo uma analogia: da mesma maneira que um mergulhador precisa planejar seu mergulho de forma estruturada, limitando a profundidade e o tempo de exploração, o contador também precisa ter esse cuidado. Isso mesmo! Pois, assim como um lindo recife de corais quase hipnotiza, a web é um prato cheio para que você se distraia do seu objetivo.

E o que acontece com um mergulhador que esquece do planejamento? Fica sem oxigênio! E o contador digital? Pode ficar sem verba antes de atingir seu objetivo.

Mas você não precisa se afogar em dúvidas. Para manter o foco no que deve ser feito, conheça um plano de marketing contábil para usar já e começar o próximo ano bem organizado!

Abaixo você verá a linha de raciocínio para iniciar o planejamento (com as 4 perguntas fundamentais para começar este trabalho) e, na sequência, o passo a passo propriamente dito.

Antes de começar, 4 perguntas essenciais.

A primeira coisa que deve ser feita ao pensar no seu plano de marketing contábil é responder 4 perguntas essenciais:

 

  • O quê?
  • Para quem?
  • Como?
  • Onde comunicar?

 

Aprofundando o tema, vamos fazer o exercício de responder a cada uma dessas questões. É como se fosse a aula teórica do mergulho, antes de ir para a água de fato. Vamos lá:

1 O que meu escritório de contabilidade faz?

Tudo bem que você possa oferecer os mais diversos serviços contábeis, mas para o plano de marketing é importante delimitar onde será aplicado o esforço. E para saber o que se quer, é preciso identificar o que não se quer!

Por exemplo: seu escritório faz todo o processo de folha de pagamento, mas essa atividade consome muito tempo, demanda muito retrabalho e não tem um retorno interessante. Logo, não vale a pena investir na divulgação desse serviço.

Por outro lado, abertura de empresas e questões societárias podem ser atividades que você goste mais de realizar e tenham um valor de honorário positivo. Nesse caso, é um bom tópico para ser explorado no seu marketing contábil.

2 Para quem é indicado esse serviço?

O serviço de abertura de empresas e demais questões societárias pode ter um grande leque de público. É preciso “fatiar” para manter o foco e ter um discurso efetivo.

Um possível corte seria: empreendedores do segmento de e-commerce, por exemplo. Como contador digital, você pode direcionar o esforço para se comunicar com esse público, comentando seus principais desafios, tirando dúvidas frequentes, explicando a legislação específica, etc.

Saber com quem você vai falar é fundamental para acertar o tom, escolher o veículo de divulgação e criar empatia.

3 Como ele é realizado?

Neste momento é preciso definir como o serviço será executado e entregue ao cliente de modo a gerar uma boa experiência.

Imagine que seu escritório de contabilidade fica no interior de Sergipe, mas você identificou que a maioria dos empreendedores de e-commerce ficam no Sudeste. No entanto, a distância física deixa de ser um problema quando se trabalha com sistemas integrados e processo online, certo?

É importante definir o “como” para que o marketing contábil seja capaz de traduzir isso no discurso, deixando claro o seu alcance e possibilidades de entrega.

4 Em quais canais comunicar?

Voltando ao exemplo do mergulhador: se você deseja ver raias-manta em um mergulho, o ideal é ir até a Laje de Santos, no litoral paulista. Se o objetivo é observar grande variedade de espécies e corais, Fernando de Noronha, em Pernambuco, é o melhor ponto do país.

Ou seja, para falar com seu público-alvo é preciso saber onde ele está “navegando”. No caso dos empreendedores de e-commerce, utilizados como exemplo acima, postar no Instagram é ótima pedida. Mas se seu público for composto por executivos de grandes empresas, o LinkedIn passa a ser o lugar certo.

Vale lembrar que para cada rede social existe um padrão de linguagem adequado: do tom mais descontraído (Instagram) ao mais formal (LinkedIn).

Por último, mas não menos importante: os posts das redes sociais geram tráfego para o seu site. Garanta que ele seja profissional e atualizado!

Com esse “exercício teórico” feito, é hora de colocar em prática os conhecimentos. Se fosse um curso de mergulho, seria o momento de praticar na piscina, antes de ir para o mar!

Para facilitar a leitura, os próximos passos do plano de marketing contábil serão apresentados em 5 tópicos, nos quais o contador digital vai definir:

  1. Objetivos e metas
  2. Ações
  3. Verba
  4. Cronograma
  5. Acompanhamento e reavaliação

Agora, detalhando cada um:

1. Objetivos e metas

Como você viu na abertura deste post, os objetivos do marketing digital são: atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca.

A partir disso, é possível estabelecer os objetivos e metas do seu escritório de contabilidade, como por exemplo:

Objetivo Meta
Ampliar o número de novos clientes 5 novos clientes no primeiro trimestre
Participar ativamente das redes sociais para gerar autoridade/credibilidade Conquistar 20 inscrições para um webinar até Abril
Fortalecer os serviços de interesse do escritório Produzir 1 blog post semanal sobre os serviços durante 6 meses (e replicar nas redes sociais)

2. Ações

Sabendo o que deseja do seu marketing contábil já pode estabelecer ações para alcançar as metas. Veja mais um exemplo prático:

 

Meta Ações
5 novos clientes no primeiro trimestre 1) Atualizar o site do escritório contábil

2) Preparar material de divulgação

3) Fazer uma lista de 30 potenciais clientes (com nome, telefone e e-mail)

4) Telefonar para esses potenciais clientes para tentar agendar uma visita e enviar o material produzido

Conquistar 20 inscrições para um webinar até Abril 1) Participar ativamente das redes sociais com o perfil do escritório

2) Oferecer explicações e informações relevantes nas redes

3) Fazer contato com entidades de classe (ou de interesse) do público-alvo e para oferecer conteúdo (seja digital ou palestras presenciais)

4) Divulgar o curso no site, nas redes e nessas instituições

Produzir 1 blog post semanal sobre os serviços durante 6 meses (e replicar nas redes sociais) 1) Levantar os temas mais relevantes para o público-alvo

2) Mapear as principais dificuldades do público e definir como o contador digital pode ajudar

3) Pesquisar como os concorrentes fazem esse tipo de conteúdo

4) Fazer parcerias com advogados para produzir material exclusivo e completo

3. Verba

A verba é tão importante para o marketing contábil, quanto o oxigênio é para um mergulhador. Não é questão de ter muito ou pouco dinheiro para investir, mas sim de se organizar para gastar estrategicamente e não ficar sem recursos no meio de uma ação.

Antes de realizar qualquer investimento, faça a pergunta: “isso me deixa mais próximo dos meus objetivos?”. Se a resposta for sim, vá em frente! Se ficou em dúvida, evite gastar com ações que não estejam no foco da estratégia.

Rodrigo Barros (head de marketing da Thomson Reuters), mostrou em sua apresentação durante o evento Synergy 2018, que as empresas mais bem sucedidas investem, em média, 40% da verba de marketing em produção/divulgação de conteúdo, principalmente com posts em redes sociais. Fica aqui uma excelente dica sobre onde investir seus recursos!

4. Cronograma

A rotina do contador digital é muito agitada e, sem disciplina, o marketing contábil pode perder ritmo e prejudicar os resultados. Assim, é bem importante separar algumas horas do seu dia para focar no assunto.

 

Fazer uma planilha com a lista de ações e a distribuição das atividades na semana ajuda muito nessa organização do tempo! Confira um exemplo:

 

Cronograma do Marketing Contábil
Atividade Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4
Atualizar o site do escritório contábil x
Preparar material de divulgação x
Fazer uma lista de 30 potenciais clientes (com nome, telefone e e-mail) x
Telefonar para esses potenciais clientes para tentar agendar uma visita e enviar o material produzido x x

5. Acompanhamento e Reavaliação

O que não é medido não pode ser gerenciado, já dizia a célebre frase da Administração e ela também se aplica ao contador digital no marketing contábil. Então, não deixe de definir os KPIs (Indicadores-Chave de Performance) do plano.

Os KPIs são indicadores que fazem sentido para o seu negócio e estão relacionados aos objetivos delimitados lá no início. Ao avaliar seu andamento é possível entender se as ações estão gerando retorno ou se é preciso tomar medidas e reavaliar o plano.

Veja um exemplo ilustrativo deste acompanhamento:

KPI Atual Mês 1 Mês 2 Mês 3
Quantidade de clientes
Receita por serviço
Número de visitas ao site
Número de seguidores na rede social XYZ
Quantidade de propostas comerciais geradas

 

Com esse guia prático e detalhado seu escritório já pode ir para “alto mar” e mergulhar fundo nas oportunidades do marketing contábil!

Quer um resumo das boas práticas de marketing contábil para “calibrar o cilindro de oxigênio” antes de “entrar na água”?

Clique aqui!

 

Até o próximo post!

Nossa Declaração de Privacidade e Política de Cookies

Todos os sites da Thomson Reuters usam cookies para melhorar sua experiência on-line. Eles foram colocados no seu computador quando você acessou este site. Você pode alterar suas configurações de cookie através do seu navegador.